Como ensinar a Bíblia para os filhos: dicas e conselhos de uma mãe

Como ensinar a Bíblia para os filhos: dicas e conselhos de uma mãe
Reprodução: Google

Deus nos orienta, mediante a Sua Palavra, o dever de ensinar nossos filhos desde criança o caminho da Verdade com base nas Escrituras. Você pode fazer isso de forma muito simples, cantando louvores que glorificam o nome do Senhor, por exemplo.

Contar histórias interessantes da Bíblia que chamam a atenção da criança, demonstrando alegria no que está sendo ensinado, é outra iniciativa que deve ser adotada. Para isso, ter um exemplar das Escrituras de forma ilustrada é uma ótima dica.

A Bíblia infantil é rica em figuras e cores diversas, o que alimenta a imaginação da criança, ajudando a prender atenção na história que pode ser lida pelos pais. Isso além de estimular o ensino da Palavra, também favorece o desenvolvimento cognitivo dos pequenos.

O exemplo dos pais

A criança quando cresce num ambiente onde presencia a alegria dos pais em servir ao Senhor, e no ato de ensinar, ela tem o mesmo sentimento de satisfação e segurança em Deus.

A mãe, naturalmente, é quem está mais tempo com os filhos, e ela precisa transmitir de forma positiva o que é viver no evangelho.

Os filhos observam muito o exemplo dos pais e na maioria das vezes o que surte mais efeito não é o que é falado, mas realizado. Ou seja, suas ações! Às atitudes são a real comprovação da verdade que você vive, e isso os filhos observam muito, tomando como exemplo.

“Os filhos dos filhos são uma coroa para os idosos, e os pais são o orgulho dos seus filhos.” (Provérbios 17:6)

Veja o que o versículo acima fala, na segunda parte, “os pais são o orgulho dos seus filhos”. Reflita na seriedade com que Salomão, em sua sabedoria, cita esse verso. Você poderia dizer, hoje, que tem sido o orgulho dos seus filhos?

O que poderia fazer com que um filho sentisse orgulho dos seus pais? Muitos de forma errônea acham que pelo simples fato de fazer a vontade deles, ou, dar tudo que precisam em termos de estudo e bens materiais, já o satisfazem, mas estão equivocados.

Lembra que mencionamos as atitudes e aquilo que você transmite? Os valores morais de acordo com a Palavra de Deus, e de autoridade espiritual, é o que realmente vai permanecer.

Nada do que perece nessa terra fará sentido algum, pois tem seu tempo de validade, atingindo seu propósito em tempos específicos. Mas aquilo que você ensina e transmite, durará pra toda a vida, e passará por cada etapa da vida dos seus filhos com valores que jamais serão negociados quando eles enfrentarem momentos de dificuldades e distorções.

Viva e ensine de tal forma, para que no futuro seus filhos se orgulhem de você. Quando os filhos se orgulham dos pais, é porque valores irrevogáveis foram transmitidos, a Palavra de Deus gerou autoridade no lar.

Sim, terão momentos de questionamentos, onde eles terão suas dúvidas e irão pedir explicações. É normal! Estejam prontos para ouvir e orientá-los de acordo com suas necessidades e questionamentos. De acordo com o que Cristo ensinou e com suas experiências, mostrando de forma clara a resposta para cada questão.

A presença dos pais em todas as etapas da vida, orientando e apoiando naquilo que é certo e de valor, faz uma grande diferença na vida dos filhos, mesmo que em alguns momentos eles discordem, mas o importante é que eles entendam, pois isso será visto mais a frente.

“Que todas estas palavras que hoje lhe ordeno estejam em seu coração. Ensine-as com persistência a seus filhos. Converse sobre elas quando estiver sentado em casa, quando estiver andando pelo caminho, quando se deitar e quando se levantar.” (Deuteronômio 6:6-7)