Confissão e arrependimento são condições necessárias para a salvação em Jesus

Confissão e arrependimento são condições necessárias para a salvação em Jesus
Reprodução: Google

Permaneça firme, o bom soldado nunca desiste! “Suporte comigo os sofrimentos, como bom soldado de Cristo Jesus”, diz a passagem de 2 Timóteo 2:3, revelando quanto é importante para o cristão a confissão e o arrependimento.

Sem dúvida nenhuma a melhor vida para se viver é a cristã, porque Deus pega uma vida que estava vazia, sem rumo, guiada por julgamentos errôneos e a transforma por completo, mas isso não ocorre sem o reconhecimento dos próprios erros.

Deus perdoa todos os nossos pecados, remove nossa culpa e, literalmente, passa a morar em nós através do Espírito Santo, mas isto está condicionado ao arrependimento humano, pois está escrito: “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça”, diz 1 João 1:9.

Mais importante, o Senhor muda o nosso endereço eterno de um lugar chamado inferno para um lugar chamado céu. Isso tudo acontece como resultado do poder do evangelho que cremos e proclamamos após a confissão e o arrependimento.

Falsa pregação

Infelizmente, alguns acreditaram numa “versão diluída” do evangelho. Um evangelho que promete perdão, mas raramente menciona a necessidade de se arrepender dos seus pecados.

Que promete a paz, mas nunca avisa sobre a perseguição. Um evangelho que não tem nenhum problema em dizer que Deus quer que você seja saudável e rico, que diz que você vai sempre encontrar o favor de Deus, mas que não lhe apresenta os desafios naturais da vida cristã.

Esse evangelho diluído não é o do Novo Testamento. A vida cristã não é um parque de diversões, mas um campo de batalhas. Não existe apenas um Deus que lhe ama e tem um plano para a sua vida, mas há também um inimigo que odeia você e se opõe ao plano de Deus.

A essência da vida cristã é conhecer e andar com Deus, trata-se de ficar com Ele quando o céu é azul e também quando está cheio de nuvens. Trata-se de permanecer firme, e é aqui onde o arrependimento e a confissão entram em cena, pois é através do reconhecimento contínuo dos erros cometidos durante o caminho que o Senhor modela o caráter humano.

Jesus deixou claro que as tempestades vão entrar na vida de cada um de nós em algum momento, e à medida que procuramos conhecer e seguir a Cristo, vamos encontrar a felicidade como um benefício decorrente.

João 16:33 diz: “Eu disse essas coisas para que em mim vocês tenham paz. Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo”.