O que um cristão deve esperar de um namoro à luz da Bíblia?

O que um cristão deve esperar de um namoro à luz da Bíblia?
Reprodução: Google

Se você é casado(a) ou namora, vê poderia dizer que o início e todo período do seu namoro foi/é segundo a Palavra de Deus? Estamos vivendo numa época em que muita confusão e distorções são geradas, e que banalizam totalmente os valores e princípios cristãos.

O namoro cristão deve ter como alvo o casamento, um período de conhecimento e preparação. Ambos devem manter um bom nível de comunicação e maturidade, até porque quando existe propósito definido e concordância de ambas as partes, flui melhor.

1) Vamos ver como é o padrão de Deus para um namoro bem sucedido:

● Espiritual – forte. Deus sempre ser priorizado, nunca seu namorado(a);

● Vontade, emoções e mente dentro do plano de Deus; seguindo princípios.

● Corpo(físico) – sob controle, manter domínio próprio.

2) Um namoro fora dos padrões de Deus:

● Espiritual – fraco. A sensibilidade espiritual está cauterizada, e também distorcida.

● Emoções, vontade e mente descontroladas.

● Físico – sensual.

Como você pode observar, há uma clara diferença entre os dois padrões. O namoro é o tempo do casal construir a casa sobre a Rocha, e constrói sobre a Rocha quem edifica em Cristo.

Nesse caso, está enquadrado no primeiro padrão. Já o segundo padrão, você está edificando sobre a areia.

Não se deixem enganar: “As más companhias corrompem os bons costumes”. 1 Coríntios 15:33

Namoro cristão no mundo atual

Cuidado com os conceitos atuais que a sociedade está querendo impôr nos relacionamentos. A Palavra de Deus está sendo relativizada pelos homens, que distorce seus conceitos, para se adequar às suas vontades.

O Senhor requer de nós santidade, compromisso, obediência e isso vale para o namoro cristão. Você não pode querer que Deus abençoe um namoro onde os padrões do Senhor não são seguidos e onde não há definição de propósito.

“O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.” 1 Coríntios 13:4-7