Deus usa situações de conflito para abençoar seus filhos, ainda que não entendam

Deus usa situações de conflito para abençoar seus filhos, ainda que não entendam
Reprodução: Google

“No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; eu venci o mundo” — João 16.33

A clareza de Cristo em relação às adversidades da vida tem ajudado e fortalecido muitas pessoas, pois além dele afirmar que seria impossível não enfrentar problemas, Ele disse que havia esperança, que havia vitória.

É inconcebível para muitos que certos sofrimentos façam crescer, pois em meio a dor, como se pode enxergar algo bom? A Bíblia tem inúmeros exemplos de milagres que o povo enfrentou.

Do antigo ao novo testamento, podemos ver Deus agir poderosamente, mesmo em meio à rebeldia dos seus filhos, no caso do povo de Israel em caminho à Canaã.

Cristo prometeu que estaria conosco até a consumação dos séculos em Mateus 28:20, e é uma promessa que foi cumprida pela descida do Espírito Santo, que passou a habitar em todo aquele que crê.

Quando passamos por situações que nos afligem, é o Espírito Santo que nos ajuda, dando a força e o consolo necessários para prosseguir e permanecer firme na fé, é Cristo dizendo “estou convosco”. Isso traz crescimento e maturidade para nós, nada fica sem solução, aprendemos com o processo e o tempo.

Testemunhar do poder de Deus é alvo gratificante e fortalecedor. Muitos que passaram por conflitos diversos puderam crescer e experimentar da alegria de saber que Deus jamais os abandonou. Saiba que tudo Ele vai usar para a Sua Glória, e seu crescimento espiritual.

“Confie no Senhor de todo o seu coração e não se apoie em seu próprio entendimento; reconheça o Senhor em todos os seus caminhos, e ele endireitará as suas veredas”, diz a passagem de Provérbios 3:5-6.

Fique firme no que a Palavra diz, agarre-se a essas promessas, mesmo que venham momentos de fraquezas, mantenha sua mente focada em Deus. A vida é uma grande escola e tudo o que vier será para o nosso crescimento. Lembre que a Sua vontade é boa, perfeita e agradável, e a Palavra final é sempre de Deus.