Três dicas fundamentais para um casamento vitorioso na presença de Deus

Três dicas fundamentais para um casamento vitorioso na presença de Deus
Reprodução: Google

Falar de casamento hoje desperta muita alegria em algumas pessoas e em outras não, pois cada pessoa vai ter a sua opinião de acordo com sua experiência pessoal. Aqui, no entanto, abordaremos o casamento na presença de Deus, o que diferencia a nossa abordagem em relação ao mundo.

Apesar da taxa de divórcio ainda permanecer alta, o casamento jamais será uma instituição falida, pois o matrimônio já tinha sido instituído por Deus desde a fundação do mundo. E nenhum plano de Deus é frustrado, o homem é quem corrompe seus princípios e valores.

“Venerado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; porém, aos que se dão à prostituição, e aos adúlteros, Deus os julgará.” (Hebreus 13:4). Vejamos alguns pontos importantes para um casamento vitorioso:

Concordância

Para se ter um casamento vitorioso, além de ter a Palavra como regra e base, o casal precisa sempre estar em concordância em relação aos seus planos, pois assim não haverá pesos.

Casamento é troca, e quando há concordância, há equilíbrio! É necessário entender que você estará cedendo uma parte sua para o seu cônjuge e vice-versa. Se não houver essa troca, um dos dois ficarão sobrecarregados e poderá ocorrer problemas futuros.

Diálogo

O diálogo constante também é importante e necessário, pois é nele que o casal encontra a sensibilidade, a compreensão e o entendimento.

Nada de guardar sentimentos, dúvidas, dormir sem se falar por causa de algo que desagradou, etc. Resolva rápido o que tem que resolver.

O diabo se aproveita desses pequenos detalhes pra implantar discórdia e gerar sérios problemas no matrimônio.

“Assim não são mais dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem.” (Mateus 19:6)

Quando Deus fala “não separe o homem”, Ele não está falando apenas ao outro (pessoa de fora), também está falando do casal, ao próprio ser humano que decidiu viver uma vida inteira ao lado da pessoa amada, ao homem falho que esquece a importância e os princípios de Deus em relação ao casamento quando enfrenta os primeiros desafios de uma vida a dois, e logo quer desistir. Mas Ele diz, “não separe”.

É claro que muitas pessoas sem ter paciência e esperar em Deus fizeram escolhas erradas, não seguiram as orientações que a Palavra ensina e se precipitaram, decidiram casar a todo custo e hoje sofrem as consequências.

Mas a Palavra de Deus permanece a mesma, Deus não mudou. Ele não tem responsabilidade com às escolhas humanas e sim com a sua Palavra. Assim, devemos nos colocar em posição de fé e perseverança para corrigir os nossos erros, clamar ao Senhor por ajuda e ajustar o que tiver que ser ajustado.

Oração

A oração deve ser constante na vida do casal. A oração fortalece e traz respostas. Ela reveste o casal de sabedoria e quebrantamento. A oração quebra qualquer tentativa de resistência humana em relação ao outro. O orgulho é deixado para trás. A sensibilidade é sempre ativa.

“Com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor” (Efésios 4:2).

Se essa passagem de Efésios é uma regra geral para aprendermos a conviver com o próximo, imagina entre o casal? Humildade, mansidão, longanimidade, amor, todos esses atos praticados, se torna uma verdadeira coroa nos cônjuges.

Por fim, concordância, diálogo e oração. Essas são às três dicas fundamentais para quem deseja ter um casamento vitorioso na presença de Deus. Quer se aprofundar mais no assunto? Leia: O que é “jugo desigual” e como isso afeta o relacionamento cristão?