A família está no centro da vontade de Deus, veja isso à luz da Bíblia

A família está no centro da vontade de Deus, veja isso à luz da Bíblia
Reprodução: Google

Muito se ouve falar de família como “um projeto de Deus”, e de fato é verdade! A família realmente começa como um projeto do casal durante o período do namoro, onde vários planos são estabelecidos, são projetados.

Parte de uma ideia de ter uma vida inteira juntos, e dessa união virem os frutos, que são os filhos, é o que alimenta e sustenta a família cristã.

Podemos ver o início da família no Éden, pois Deus não criou o homem para viver só, ele queria a propagação da raça humana, mas dentro dos critérios que Ele já havia estabelecido, a família.

Em Gênesis 2:18 Deus disse: “Não é bom que o homem esteja só”. Não era bom que o homem estivesse só porque Deus o projetou para viver em companhia. Então Deus disse: “Far-lhe-ei uma auxiliadora que lhe seja idônea” (Gn 2.18), ou seja, uma auxiliadora que lhe fosse adequada.

“Deus os abençoou e lhes disse: “Sejam férteis e multipliquem-se! Encham e subjuguem a terra! Dominem sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu e sobre todos os animais que se movem pela terra”. Gênesis 1:28

Veja que coisa grandiosa! Podemos ver a satisfação e a bênção de Deus presentes.
O homem como coroa da criação refle a glória de Deus, e essa glória é compartilhada e refletida na família. Plano original, inicial.

Mesmo com tantos ataques que a família sofre hoje, por causa de ideologias e distorções de uma forma geral, o plano familiar de Deus nunca mudou, permanece o mesmo.

Família e divórcio

O divórcio nunca esteve nesses planos, a dureza do coração humano foi quem provocou isso. Depois que o pecado entrou no mundo, o homem corrompeu os conceitos e valores divinos.

Satanás se aproveita da legalidade que lhe foi/é dada através do pecado, pelo homem, para tentar destruir as famílias e sempre age sutilmente, esse é o seu desejo, portanto, proteja a sua família primeiramente na oração e posteriormente no cuidado segundo a Palavra de Deus. Deus sempre priorizou a família e valorizou o seu projeto.

Cristo fala no livro de Marcos 10:6-9 o seguinte: “Mas no princípio da criação Deus ‘os fez homem e mulher’. ‘Por esta razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e os dois se tornarão uma só carne’. Assim, eles já não são dois, mas sim uma só carne. Portanto, o que Deus uniu, ninguém o separe”.

Entende porque Cristo diz que ambos formam um só corpo (carne), comparando posteriormente em outras passagens, falando Dele e a Igreja (Noiva)?

Porque é formada uma aliança, tanto de fidelidade e compromisso quanto de sangue. O pacto matrimonial não é apenas uma satisfação social, vai muito além, é uma representação espiritual. É algo que está ligado no céu que tem a bênção e proteção de Deus.

De qualquer forma também é bom enfatizar, na perspectiva cristã, outra realidade muito importante: é que o projeto de Deus inclui a ideia de fazer de toda a humanidade uma família, através de Cristo e sua noiva (Igreja).

“Todos os confins da terra se lembrarão e se voltarão para o Senhor, e todas as famílias das nações se prostrarão diante dele.” (Salmos 22:27)