O que é “jugo desigual” e como isso afeta o relacionamento cristão?

O que é
Reprodução: Google

Namoro cristão é um tema que sempre esteve em evidência no meio evangélico. Baseando-se pela Bíblia, o namoro não é mencionado de forma clara, mas sim o propósito do casamento.

No passado, as pessoas se conheciam com o intuito de construir um lar. A intenção era ir direto ao casamento. Nos dias de hoje é bem diferente, existe toda uma experiência de namoro, um período de convívio pra você se certificar se escolheu a pessoa certa.

Mas no que diz respeito ao jugo desigual, veja o que diz essa passagem de 2 Coríntios 6:14: “Não se ponham em jugo desigual com descrentes. Pois o que têm em comum a justiça e a maldade? Ou que comunhão pode ter a luz com as trevas?”

Você observou que existe uma ordenança em relação a não se envolver com uma pessoa que não professa a mesma fé? Sim, e existe motivo para isso.

A experiência do novo nascimento é algo que transforma completamente a vida da pessoa, o entendimento espiritual “se abre” através da luz da Palavra que lhe é transmitida através do Espírito Santo e do ensino.

Como diz a Bíblia em Colossenses 1:13: “Ele nos resgatou do domínio das trevas e nos transportou para o reino do seu Filho amado.”

Antes aquele que vivia em escuridão, sem entendimento, passou para a luz e os olhos espirituais foram abertos.

Quando se envolve com uma pessoa que não professa a mesma fé, é natural os problemas surgirem, pois não haverá concordância em muitas questões. Será impossível haver comunhão e um relacionamento totalmente saudável quando um casal possui valores diferentes.

Muitos acreditam que após o namoro ou o casamento, o outro irá se converter. Mas não é bem assim que acontece. Existem casos de pessoas que sofrem muito em casamentos onde um dos dois não é cristão.

Isso acontece porque uma pessoa que não nasceu de novo espiritualmente, por mais que queira, não consegue obedecer a Palavra de Deus.

A concordância no relacionamento

“Duas pessoas andarão juntas se não tiverem de acordo?” (Amós 3:3)

A concordância é fundamental para um relacionamento sadio. E além disso, você também estará obedecendo o que a Palavra de Deus nos ensina. A obediência agrada o coração de Deus! A obediência aos princípios da Palavra nos livra de cairmos em armadilhas e enganos. Então porque não começar fazendo o certo?

O namoro cristão deve ter a intenção no casamento, deve ser com propósito. Então, é aconselhado que você se envolva com pessoas que pratiquem a mesma fé que a sua. Para isso, confie em Deus, ore e tenha paciência.

Casamento é para a vida toda e não podemos nos arriscar. Tenha alguém que você possa afirmar junto, como fez Josué no capítulo 24:15: “Mas, se vos parece mal o servirdes ao Senhor, escolhei hoje a quem haveis de servir; se aos deuses a quem serviram vossos pais, que estavam além do Rio, ou aos deuses dos amorreus, em cuja terra habitais. PORÉM EU E A MINHA CASA SERVIREMOS AO SENHOR.”