“Nas convicções que estão na Bíblia, no Novo Testamento, eu acredito”, diz Decotelli

Reprodução: Google

O novo ministro da Educação, Carlos Decotelli, declarou que frequenta a igreja evangélica desde criança, carregando consigo os valores e ensinamento da Palavra de Deus, a Bíblia Sagrada.

A revelação foi durante uma entrevista para o jornal Folha de S. Paulo. Na ocasião, Decotelli explicou que acredita nos ensinos da Bíblia, sinalizando que concorda com o atual governo no que diz respeito às críticas à chamada “ideologia de gênero”, por exemplo.

“Eu sou um técnico. Cresci dentro da Primeira Igreja Batista do Rio e sou voltado para as questões da crença neotestamentária do núcleo evangélico tradicional, como as igrejas Batista, Metodista, Presbiteriana”, disse ele.

“Frequentei escola dominical desde dois anos de idade e hoje sou membro da Primeira Igreja Batista de Curitiba. Nas convicções que estão na Bíblia, no Novo Testamento, eu acredito. Uma questão de fé. É assim que procedo na minha vida”, completou.

A entrada de Decotelli no ministério da Educação ainda não foi oficializada, pois falta a cerimônia de posse, que ainda não tem data marcada. No entanto, ele já foi anunciado pelo presidente Jair Bolsonaro na semana passada.

Decotelli é economista e oficial da Marinha do Brasil. A sua figura é vista por muitos como “pacificadora” diante das polêmicas da gestão anterior no Ministério da Educação, feita pelo também economista Abraham Weintraub, que atualmente se encontra nos Estados Unidos.