A perseguição religiosa aos cristãos é uma realidade ignorada por muitos

Perseguição religiosa aos cristãos
Reprodução: Google

A perseguição aos cristãos começou desde o início do ministério de Jesus. O próprio cristo foi perseguido ao proclamar as Boas Novas e combater a hipocrisia dos religiosos da sua época. Cristo veio para revelar o coração do homem e começou fazendo isso no seu ministério.

“Ai de vocês, mestres da lei e fariseus, hipócritas! Vocês são como sepulcros caiados: bonitos por fora, mas por dentro estão cheios de ossos e de todo tipo de imundície. Assim são vocês: por fora parecem justos ao povo, mas por dentro estão cheios de hipocrisia e maldade.” Mateus 23:27-28

Deus sempre teve compromisso com a verdade e nunca com a mentira. Cristo se revelou em João 14:16: “Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.”

A verdade sempre traz consigo sua liberdade e seus “pesos”. Quando anunciamos que a salvação é somente através de Cristo, que é necessário haver arrependimento dos pecados, estamos confrontando o pecador, revelando através da Palavra aquilo que está errado nele. Isso muitas vezes gera raiva e desconforto, despertando muitas vezes a intolerância.

Amor e perseguição aos cristãos

Amor e justiça sempre fizeram parte das ações de Deus. E quando isso veio representado na figura de seu filho Jesus, foi revelado e explícito aos homens de uma forma que jamais eles poderiam negar.

“E, se na verdade julgo, o meu juízo é verdadeiro, porque não sou eu só, mas eu e o Pai que me enviou”. Jo 8:16

“Assim como o Pai me conhece a mim, também eu conheço o Pai, e dou a minha vida pelas ovelhas.” Jo 10:15

É certo que nós cristãos sofreremos perseguição, pois somos proclamadores da verdade e devemos falar e andar na verdade, pois ela liberta, cura e salva. Muitas vezes esse processo é doloroso para muitos, mas é necessário para uma vida sadia e livre de pesos.

“E também todos os que piamente querem viver em Cristo Jesus padecerão perseguições”. 2 Timóteo 3:12

Viver piamente em Cristo é não usurpar a sua Palavra, e sim ser íntegro aos seus ensinamentos e princípios. E é exatamente por isso que a perseguição é ignorada e muitos fingem que não acontecem.

“Bem-aventurados sereis quando os homens vos aborrecerem, e quando vos separarem, e vos injuriarem, e rejeitarem o vosso nome como mau, por causa do Filho do Homem.” Lucas 6:22.

Mas apesar de todas essas coisas “somos mais que vencedores em Cristo jesus”, e nada frustra os planos e propósitos de Deus.

Uma vez que o Senhor tem sustentado sua obra e seus seguidores, quando Ele quer, também usa as circunstâncias e os não crentes para ajudar seus filhos, como a prostituta Raabe fez com os espias na passagem de Josué 2.